UMA COMUNIDADE, UM FUTURO!

Entrevista com Maria do Carmo Silva - Sublime Acessórios

Continuamos a dar voz ao comércio local, numa série de entrevistas com os protagonistas e mentores destes projetos.


Hoje conversámos com Maria do Carmo Silva, gerente da Sublime Acessórios, loja de roupa interior de homem e senhora. 1 – Como nasceu este seu negócio e o que a fez concretizá-lo em Azambuja?

Trabalhei toda a vida em escritórios, mas o meu sonho sempre foi ter o meu negócio. Houve um dia em que eu até não estava a trabalhar, mas não queria continuar mais em casa. Tinha de fazer alguma coisa.

Decidi procurar uma loja e abrir qualquer coisa. E assim foi. Fui ao centro Atrium e decidi abrir uma loja de roupa interior. Não expandindo muito o negócio, também não teria de investir muito.

Ao contrário da venda de roupa em geral, com este tipo de loja, não tenho de ter a loja cheia de lingerie, apenas dois ou três tamanhos. Quando não há o número pretendido, encomendo e vem no próprio dia ou, mais tardar, no dia seguinte. Se pedir de manhã, à tarde está cá. Além de roupa interior para homem e senhora, comecei também a vender acessórios.

2 – Que tipo de espaço ambicionou criar?

Quis criar algo bastante acolhedor e onde os meus clientes se sintam bem.

3 – De que forma a sua loja pode contribuir para o desenvolvimento do comércio em Azambuja?

Neste momento, esta é a única loja de lingerie e roupa interior que há na vila.

Os meus produtos são quase todos portugueses, são fabricados cá, além de que quase todos eles são antialérgicos. Vendo apenas duas marcas espanholas. Há pessoas que trabalham em Lisboa, mas compram aqui na loja.

A relação qualidade/ preço está bastante equilibrada.

Tenho uma boa parte de clientes que pode vestir apenas algo muito simples no exterior, mas a roupa interior tem que ser confortável e que não provoque alergias.

Visite a Sublime Acessórios e apoie o comércio local.

Redes Sociais - Facebook Sublime Acessórios


0 views0 comments