top of page
UMA COMUNIDADE, UM FUTURO!

Entrevista com Paula Morais - Positive Dog & Terapy


Como nasceu o seu negócio? O Projeto Positive Dog & Terapy surgiu durante a pandemia, da necessidade de encontrar uma nova fonte de rendimentos que me permitisse fazer algo para ajudar os outros. Numa fase tão difícil, eu própria estando no ramo da música fiquei totalmente sem trabalho. Surgiu a oportunidade de fazer uma formação em Etologia Canina, o amor enorme que sinto pelos animais, principalmente pelos cães falou mais alto, senti que de facto era o meu caminho era um puder concretizar o sonho de miúda de treinar cães. Depois de fazer a formação tive consciência que ainda podia fazer muito mais do que tinha sonhado, tanto, que já tenho mais uma formação em Terapias Comportamentais Caninas, duas de primeiros socorros a animais de estimação e mais duas em Cinotécnica SAR K9, treino de cães para busca e salvamento de pessoas. Agora estou a caminhar para atingir o meu objetivo como Etóloga Canina, fazer treino de Cães de Assistência e Intervenções Assistidas com Cães, sinto mesmo que assim poderei ajudar os que mais precisam, tanto animais como pessoas. É um trabalho muito gratificante. E porquê em Azambuja? Para mim faz todo o sentido abrir uma Academia Canina em Azambuja, não só porque não existe nada do género aqui, como também para ser uma ajuda integrante no processo da mudança de hábitos e mentalidades. Comecei a perceber que as pessoas têm interesse e preocupam-se com os animais, só precisam que as encaminhem a adotar as práticas corretas. Não existindo um espaço que proporcione ás pessoas uma forma de dar aos seus cães as rotinas de que precisam, como um parque canino, por exemplo, faz todo o sentido abrir uma Academia Canina, onde as pessoas podem recorrer sempre que precisarem de ajuda com os seus animais de estimação e onde podem levar o seu cão para correr, brincar, socializar e aprender. Todos nós gostamos de cães educados e sociáveis, se não temos, pedimos ajuda à Positive Dog & Terapy Academia Canina

Quais os maiores obstáculos que teve de enfrentar?


O maior obstáculo até agora foi encontrar um espaço, porque tinha de ter vários requisitos como um terreno com algumas dimensões.


Pedi ajuda a várias entidades, inclusivamente propus utilizar um espaço que estive-se fechado há vários anos e não consegui nada.


Demorei 2 anos para encontrar um local para a Academia e finalmente consegui um espaço que embora tenha alguns desafios como não ter eletricidade, é espetacular e até um pouco inspirador,



Que tipo de espaço ambicionou?


Ambicionei ter um espaço como este que encontrei, mas com menos desafios, A Academia ainda não está completa. Os desafios têm sido imensos, por essa razão, vamos abrindo novos serviços aos poucos até estar concluído todo o projeto. Posso adiantar que o próximo passo passará pela creche para cachorros até aos 6 meses de idade.




Que tem o seu espaço de diferenciador?


Todo o espaço onde estamos inseridos é simplesmente maravilhoso, o melhor que o campo nos pode dar.


A Academia situa-se numa quinta com cavalos e está totalmente integrada na natureza, da forma mais sustentável possível, das vedações aos obstáculos, tudo construído por nós, reutilizando materiais como pneus e paletes.


Além disso como a Academia tem uma vertente terapêutica, não faz treino para competições, o campo de treino ao contrário de todos os outros, está inserido no meio de sobreiros, com obstáculos que vão incentivar o cão a ganhar confiança para enfrentar as inseguranças do dia a dia atribulado do mundo exterior. .



O que Azambuja pode ainda fazer para ser um melhor Concelho?


Entre outras coisas, faz muita falta um canil que promova de uma forma muito positiva a adoção e o controlo da população dos animais abandonados em todo o Concelho e um parque canino, para as pessoas terem um local seguro onde possam brincar e soltar os seus animais.


Para resultar tem que ser mesmo um parque canino, não um pequeno recinto que as pessoas vão utilizar para o seu cão fazer as necessidades, esse será apenas um WC canino.



Como vê o seu negócio no futuro próximo?


Olho para o futuro com muita calma mas de forma confiante, quero acreditar que terei cada vez mais alunos e que vou conseguir pôr em prática alguns dos projetos que tenho para ajudar na comunidade.





Gostaria de transmitir alguma coisa a quem tem o sonho de construir e desenvolver o seu próprio negócio?


Claro que sim! O que posso dizer é: Acredite em si e nas suas capacidades.


O trabalho vai ser duro, o capital pode até não existir, mas há sempre forma de começar do zero. Se nos concentramos, se acreditarmos que somos capazes e não pensarmos muito alto, conseguimos dar o primeiro passo, depois só temos que dar o nosso melhor todos os dias e as coisas boas vão aparecendo, ⬇️⬇️⬇️ Descobre mais sobre a POSITVE DOG & TERAPY no link abaixo

24 views0 comments

Comments


bottom of page